TRADUTOR/TRANSLATE

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

"Ela Me Provocou"

A roupa da mulher, o estado civil, o estilo de vida, não inspiram a violência contra as mulheres - estranhos, solteiros, casados, homens em geral - cometem essa violência porque > homens não aprenderam a tratar as mulheres com respeito. Violência contra a mulher existe porque a nossa sociedade não valoriza as características morais da civilidade em discurso, tanto quanto não respeitam o corpo de uma mulher, o direito de uma mulher a auto determinação, igualdade e a equidade das mulheres em geral.

Em vez disso, os homens, e mesmo muitas mulheres, colocam o fardo de evitar a violência ou a culpa da violência sobre a mulher, enquanto os homens escapam ilesos. Tal abordagem é tão repreensível quanto ineficaz. O profeta Muhammad implementou uma reforma substantiva entre os homens, pelo fim da violência contra as mulheres, há 1.400 anos.

Os países árabes pré-islâmicos foram um viveiro de misoginia, violência e desigualdade contra as mulheres. As mulheres não tinham direito à propriedade, a decisão em casamento, direito ao divórcio, ou seja, nenhum direito, o islã concedeu todos esses direitos às mulheres, e mais, mas o que vemos hoje e ha muitos séculos é a retomada dos tempos pré-islâmicos.. por exemplo, para ensinar o respeito pelo corpo da mulher, o islã enfatiza a castidade para ambos os sexos, modéstia para ambos os sexos, e ordenou aos homens a baixarem o olhar e a não olharem para as mulheres com pensamentos impuros, independente da roupa que a mulher esteja usando, não importa como uma mulher se vista, a responsabilidade é da mulher perante Deus, enquanto do homem é exigido o seu respeito para com as mulheres.

O alcorão declara que homens e mulheres são dois seres iguais criados a partir de uma única alma, declara que homens e mulheres são como roupas uns para os outros, e que um deve proteger o outro do mal e sofrimento. Comanda aos muçulmanos a falarem de uma maneira decente e civilizada. Quanto a afirmação "ela me provocou" o alcorão enfaticamente responde: .. E harmonizai-vos entre elas, pois se as menosprezardes, podereis estar depreciando seres que Deus dotou de muitas virtudes.. No Alcorão está escrito que se uma mulher realmente cometeu um ato flagrante - como a infidelidade - um homem deve primeiro aconselhá-la com palavras, e se ainda irritado, separar-se da situação volátil, mas nunca causar dano físico a uma mulher.

A violência contra a mulher só vai parar quando os homens pararem de cometer violência contra as mulheres. A chave para acabar com a violência contra as mulheres recai sobre os homens, e tão somente sobre eles.  Para o bem da humanidade os homens devem parar de culpar as mulheres por suas deficiências e erros.
Tradução Pollyanna Meira

Nenhum comentário:

Postar um comentário