TRADUTOR/TRANSLATE

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

VERSÍCULO 5:33: CORTAR MÃOS, PÉS E CRUCIFICAÇÃO ??

O Versículo 5:33 tem sido freqüentemente citado por descrentes contra o Alcorão, ou até mesmo por muitos muçulmanos para justificarem atos impiedosos contra não muçulmanos. Para entender o versículo você precisa estar ciente do Alcorão como um todo. Inicialmente, aqui está o versículo 5:33 por si próprio:

"O castigo, para aqueles que lutam contra Deus e contra o Seu Mensageiro e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes sejam decepadas a mãos e o pés opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo." 5:33

"Mãos e pés cortados em lados alternados", ou seja, o pé esquerdo e mão direita. Em outra parte do Alcorão, descobrimos que um dos maiores tiranos da terra , o faraó, ameaça os verdadeiros crentes que tinham se juntado ao Profeta Moisés, da mesma maneira em 20:71 e 7:123,124,125.  

"Disse (o Faraó): Credes n'Ele sem que eu vo-lo permita? Certamente ele é o vosso líder e vos ensinou a magia. Juro que vos amputarei a mão e o pé de lados opostos e vos crucificarei em troncos de tamareiras; assim, sabereis quem é mais severo e mais persistente no castigo. "20:71

"O Faraó lhes disse: Credes nele sem que eu vos autorize? Em verdade isto é uma conspiração que planejastes na cidade, para expulsardes dela a população. Logo o sabereis. Juro que vos deceparei as mãos e os pés dos lados opostos e então vos crucificarei a todos. Disseram-lhe: É certo que retornaremos ao nosso Senhor." 7:123 ... 125

"Então, os chefes do povo do Faraó disseram: Permitirás que Moisés e seu povo façam corrupção na terra e te abandonem, a ti e aos teus deuses? Respondeu-lhes: Sacrificaremos os seus filhos; contudo, deixaremos viver as suas mulheres e assim seremos os seus dominadores." 7:127

Deus não está comandando aos crentes a realização deste castigo no versículo 5:33, pelo contrário, é uma declaração contra a citação do faraó que ameaçou os crentes. Especificamente, em 5:33 Deus está a inferir que não são os crentes (que seguem os mensageiros de Deus) que mereciam isso, mas aqueles que lutam contra Deus e Seus Mensageiros (como o faraó fez), quem realmente merecia esse tipo de punição que eles pretendiam infligir sobre os crentes. Este ponto é feito de uma forma impressionante, referindo-se ironicamente as ameaças do faraó aos crentes. 

Veja a tradução para o inglês: 5:33 "Those who wage war against God and His Messenger and strive to spread corruption in the land ((should be)) punished by death, crucifixion, the amputation of an alternate hand and foot or banishment from the land: a disgrace for them in this world, and then a terrible punishment in the Hereafter, 34 unless they repent before you overpower them: in that case bear in mind that God is forgiving and merciful." (The Qur’an, Oxford UP, 2004)

should be, é diferente da sentença do Faraó "i will do", note que, mesmo gramaticalmente, o verso 5:33 não está redigido no imperativo (como uma ordem ou comando). O should geralmente é utilizado para pedir, dar um conselho, um aviso, uma sugestão.

leiam o versículo imediatamente anterior e posterior ao 5:33, que define o contexto da época do faraó. Desta vez, ambos 5:32 e 5:33 e 5:34 são citados a seguir:

"Por isso, prescrevemos aos israelitas que quem matar uma pessoa, sem que esta tenha cometido homicídio ou semeado a corrupção na terra, será considerado como se tivesse assassinado toda a humanidade. Apesar dos Nossos mensageiros lhes apresentarem as evidências, a maioria deles comete transgressões na terra." 5:32 (proibindo assassinato)

"O castigo, para aqueles que lutam contra Deus e contra o Seu Mensageiro e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo." 5:33

"Exceto aqueles que se arrependem, antes de caírem em vosso poder; sabei que Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo." 5:34 (ordenando o perdão)

1° Os descrentes que ameaçam Deus e Seus Mensageiros com punições como estas são os que realmente mereciam esse tipo de castigo 

2° Aqui eles estão em tempos de guerra (na época do Faraó contra Moisés) e, eles só podem matar quem está matando e espalhando a corrupção sobre a terra ...


3° Mesmo assim podem ser perdoados quando se arrependem porque Deus é indulgente, misericordiosíssimo.

"E se você punir, puna com o equivalente ao qual foi prejudicado. Mas se você for paciente - é melhor para aqueles que são pacientes."

Nenhum comentário:

Postar um comentário