TRADUTOR/TRANSLATE

domingo, 15 de fevereiro de 2015

O ISIS usa os hadiths como fonte para suas barbáries e atos cruéis.

Em um programa de televisão, o jornalista e apresentador de TV egípcio, Ibrahim Issa, disse que os crimes bárbaros perpetrados pelo ISIS, foram de fato cometidos com base em fontes islâmicas (hadith), mas que os clérigos têm medo de admitir. "Eu gostaria de ver um único clérigo da Al-Azhar no Egito, ter a coragem de admitir que Abu Bakr queimou um homem vivo", disse ele. "Isso é um círculo vicioso de barbárie, porque está envolvido com a religião", disse Issa, cujas declarações foram ao ar em um canal de TV egípcio em 03 de fevereiro de 2015.

É o que sempre digo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário