TRADUTOR/TRANSLATE

quarta-feira, 4 de março de 2015

Dr. Collins do ateísmo para a crença em Deus

Dr. Collins, doutor em Química e Física na prestigiosa Universidade de Yale, e em Medicina na Universidade de Carolina do Norte.
Foi diretor do Projeto Genoma Humano de 1993 até 2008, substituindo o Prêmio Nobel James D. Watson como diretor do National Center for Human Genome Research dos EUA. Ele é um dos responsáveis por um feito espetacular da ciência moderna: o mapeamento do DNA humano, em 2001, o código da vida.
Ele abandonou o ateísmo e passou a acreditar em Deus.
Criticado por colegas, que na sua maioria negam a existência de Deus, Collins lançou em 2006 o livro The Language of God: A Scientist Presents Evidence for Belief (A linguagem de Deus: um cientista apresenta provas para crer).

mas alguns que refutam o ideal ateísta

Dr. Hameroff disse ao Canal Science através do documentário Wormhole: “Vamos dizer que o coração pare de bater, o sangue pare de fluir e os microtúbulos percam seu estado quântico. A informação quântica dentro dos microtúbulos não é destruída, não pode ser destruída, ele só distribui e se dissipa com o universo como um todo.” Robert Lanza acrescenta aqui que não só existem em um único universo, ela existe talvez, em outro universo.
Se o paciente é ressuscitado, esta informação quântica pode voltar para os microtúbulos e o paciente diz: “Eu tive uma experiência de quase morte”.
Ele acrescenta: “Se ele não reviveu e o paciente morre é possível que esta informação quântica possa existir fora do corpo talvez indefinidamente, como uma alma.”

A propósito, Dr. William Lane Craig tem defendido alguns argumentos a favor da existência de Deus ao longo dos últimos 20 anos em artigos acadêmicos, palestras, livros e principalmente em debates com ateístas renomados do mundo inteiro, e ao longo deste período nenhum acadêmico tem tido sucesso em refutar tais argumentos.
Alguns dos argumentos são Argumento Cosmológico Kalam e Argumento Moral, que eu particularmente acho os mais interessantes, nos artigos ele também defende o argumento ontológico. Vale lembrar que estes argumentos já são defendidos ha muito tempo, alguns ha milhares de anos, a questão é como apresentá-los e também refletir de maneira ainda mais profunda em cada um deles, foi o que o filósofo em questão fez.
No Youtube é fácil encontrar os debates, alguns legendados.

"Eu não sou um ateu. Um ateu é alguém que tem uma prova de que não há um Deus cristão-judaico-islâmico. Eu não sou tão sábio, mas também não considero que haja provas suficientes para tal deus. Por que você está com tanta pressa para fazer a sua mente? Por que simplesmente não espera até que haja provas irrefutáveis? " Carl Sagan

Dr. Francis Collins Entrevista CNN - "Não tem como negar a existência de Deus"


Nenhum comentário:

Postar um comentário