TRADUTOR/TRANSLATE

quarta-feira, 2 de março de 2016

Quando a Bunda é o que Conta

"Vamos colocar as mulheres em cantinhos, assim ninguém olha para a bunda da mulher e sente desejos obscuuuross na hora da oração", "oohhh Vamos lá cobrir as mulheres dos pés a cabeça", "Não não, isso ainda não é suficiente, vamos deixá-las em casa e que só saiam com um guardião", "Você não precisa ir às mesquitas, fique em casa", "Vamos colocar as mulheres separadas dos homens nas escolas, nas ruas...", "Abaixe o olhar rapidamente quando você encontrar uma mulher pelo caminho", "OMG não toque na mão dela! Não abrace, Não beije !!!!!!!!!!", "Você fornicou porque abraçou", " Não tenha amigos nas redes sociais", "Tire sua foto daí, Haram Haram!", "Nãããoooo mostre o cabelo, ele faz parte de sua nudez!", "Depravada, você não é muçulmana!!!!!!!"



NENHUMA dessas leis criadas por HOMENS, resolveu a questão da sexualidade muçulmana, só no Paquistão são 1 milhão de prostitutas, no Afeganistão centenas de pessoas estão na cadeia por fornicarem, na Arábia pagã são milhares de homossexuais, pornografia então, sexo pela web, nem te conto quantos depoimentos já ouvi, mas não não os muçulmanos não assistem pornografia ...

... estupros bombando ... Onde isso resolveu?
Os homens muçulmanos (nem todos) não querem crescer espiritualmente, só querem tirar o "problema" (mulheres) da reta. Assim quando julgados, nunca a culpa será deles, mas sempre da mulher ...


- "[Separação de gênero] cria uma enorme lacuna no entendimento. Os homens não entendem as mulheres ... e as mulheres não entendem os homens ... [A] fronteira cósmica indica a linha do poder, porque onde quer que exista uma fronteira, há dois tipos de criaturas que andam [nesta] terra, os poderosos de um lado e os impotentes do outro. Onde você está? Se você não pode sair [está contida, retida devido ao seu sexo] então você está do lado impotente, esse é o lugar onde você quer estar? Faça o "impossível", levante para si mesma e para aqueles que não podem se defender. É seu direito. Faça acontecer!" Fatema Mernissi

Um comentário:

  1. Amei esse texto! Curto, com poucas palavras, mas relatou tudo o que está acontecendo hoje. A pornografia e o falso moral caminham de mãos dadas pelas redes sociais.

    ResponderExcluir