TRADUTOR/TRANSLATE

domingo, 24 de abril de 2016

Enquanto os Intolerantes Pedem Tolerância (2)

"A culpa é da grande mídia"

Eu não sei, sabe... de todos os grupos/páginas pelos quais já passei, de todas as agressões verbais que já sofri, todos os comentários maldosos e fofocas pelas costas, ameaças, bloqueios, denúncias no facebook, revoltas, piadas, sarcasmos de centenas de muçulmanos... eu fico pensando, que engraçado, os bonitões o tempo todo pedindo paz, "islam é paz", "não julguem", e é esse o exemplo que dão? A maioria não tem a menor tolerância com as outras interpretações do deen, ou mesmo com quem não tem a mente tão fechada quanto a deles, e ficam aí arrotando pedidos de paz e tolerância??? 

Vocês deveriam sentir vergonha! Hipócritas! Quantas mentiras tenho que ouvir de suas bocas? Já vi vocês postando várias vezes que fofoca é errado, julgar é errado, "não temos nada contra gays mas..", "eu sou uma pessoa iluminada, tranquila, distribuo livrinhos sobre o islam, paz, paz, paz", florzinhas e borboletinhas voam nos seus perfis, mas têm as bocas cheias de veneno para atacar os outros que não pensam como vocês, sem ao menos ouvir ou tentar entender nada que seja. Deus está vendo, as pessoas estão vendo, não adianta fingir o que vocês não são, as pessoas pegam no ar.

Deus é minha testemunha, como muitas outras pessoas também o são, de que sempre levei todas as agressões verbais com a maior educação, nunca revidei as grosserias! Sempre tentei explicar o meu ponto usando o Alcorão e até mesmo os próprios ahadith malditos, saídos das bocas dos estudiosos, que pra mim são a mesma coisa que nada (não idolatro estudiosos). Expliquei, mostrei e provei que eu estava certa, enquanto vocês só atacavam minha personalidade, minha conduta e índole, sem nem ao menos me conhecer. Já me enviaram mensagens pornográficas, minhas colegas de serviço recebem imagens de pênis de homens do Yemen e de outros países árabes, e não me digam que não são muçulmanos, eles são muçulmanos sim. Colegas já me confidenciaram que foram enganadas por muçulmanos, por homens que tinham mais de uma mulher, ou praticavam casamento temporário, como pelos caça-vistos. Tentei montar um grupo para ajudar outros muçulmanos e a única coisa que recebi foi frieza em troca. Já vi irmãs baterem nas mesquitas para pedir ajuda, e a elas foi negada qualquer tipo de ajuda. Irmãs que se casam com muçulmanos só para sofrer, e sofrer. Nossas mesquitas não têm espaço para a mulher, nosso deen não é acolhedor para a mulher, e ainda encontramos muitas mulheres que protegem essa pouca vergonha, com agressões, e mais agressões, mas cheias de coraçõezinhos borbulhando no facebook. Deveriam sentir vergonha! E olha que isso é apenas a ponta do iceberg da sujeirada que já vi com meus próprios olhos...  

Vocês estão na lama! O que adianta carregar o nome Muhammad e agir como o shaytan? O que adianta levar tanta palavra bonita e não praticar? O que adianta carregar o nome Khadija ou Aisha e não ser capaz de fazer um milésimo do que elas fizeram? Fica aí achando que suas roupas árabes vão te salvar então!

Em todos os grupos e páginas sobre o islam, e mesmo em seus perfis pessoais, existem pessoas que não são muçulmanas, que estão vendo toda a sua hipocrisia. Depois, quando todos os muçulmanos sofrem todo tipo de preconceito nas ruas, de quem é a culpa?

Criem vergonha na cara! Não usem imagens pessoais de meus filhos para arrotar todo o ódio que é inerente de suas próprias personalidades e almas escurecidas. Chega a ser cômico uma pessoa imaginar que uma criança iria ter um blog que abordasse temas mais profundos sobre o islam. Ele sabia muito bem a diferença, fez isso apenas para afrontar. 

Espero que entenda meu português muito claro e simples, estou cansada de desenhar.

"É difícil acreditar que algumas pessoas são filhxs de Deus." 

Vou seguir em frente, vocês não têm força para me parar, apenas Deus tem!

Para mais, acesse aqui & aqui




3 comentários:

  1. Polly, minha querida, admiro muito a sua coragem e a eloquência com que se expressa contra esses hipócritas. Vestem a casca de muçulmano, se fantasiam de árabe, como se a religião exigisse isso de nós, mas o coração é mais sujo que o chão da medina. A língua deles só espalham o veneno que carregam no coração e na mente. Como você disse muito bem, muitos dos "muçulmanos de bem", muitos árabes que se orgulham de terem "nascido na religião", já vieram in box ou para me ofender ou para propor alguma putaria. Deus está vendo aqueles corações e mentes imundos. Desejo-lhe força e saúde para continuar estudando e divulgando suas ideias que falam tão alto ao meu coração. Aprendo muito com você, muito obrigada! Que Deus te guie hoje e sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. difícil encontrar alguém que não tenha sofrido qualquer tipo de intolerância ou maus tratos vindos de algum\a muçulmanx

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir