TRADUTOR/TRANSLATE

domingo, 14 de agosto de 2016

100 razões pelas quais eu não uso um hijab

Depois de assistir a um vídeo de alguma muçulmana dizendo todas aquelas mentiradas da mulher pura de hijab e da outra indo pro inferno por não usar, resolveu criar essa lista:

1- Eu não sou um diamante, uma pérola ou uma joia preciosa que precisa ficar escondida.

Chamar-me dessas coisas é um insulto, porque essas coisas são itens materiais, os homens as valorizam, então, lutam e se matam para consegui-las. Isso não é um elogio. Existem coisas lindas na vida que não estão cobertas, como as flores, as estrelas, o pôr do sol. Ninguém luta ou morre por essas coisas.

2- Eu tenho amigos que convivem comigo. Na sociedade em que cresci, muitos homens têm maneiras apropriadas e sabem tratar as mulheres com respeito, com hijab ou sem. Aqueles que não sabem, acabam levando um chute no traseiro mais cedo ou mais tarde. Se eu usasse um hijab, eu estaria, injustamente, dizendo que eu sou responsável pela maneira como um homem me trata, eu estou tirando toda a responsabilidade dele. Não, obrigada, os homens devem crescer aprendendo como tratar as mulheres.


3- Eu sou inteligente o suficiente para escolher não seguir as tendências sociais que incentivem as mulheres a, excessivamente, exibirem seus corpos. Eu me visto para o meu conforto e não para pertencer a um grupo. Pare de culpar a sociedade por suas próprias ações. Pense por você mesmo. Mude a sociedade se ela vai mal.


4- Para evitar a arrogância religiosa, eu não quero mostrar o quão devota eu sou apenas pela minha aparência, muito menos quero olhar feio para outras mulheres que não seguem o exemplo.


5- [Imagine a mulher mais sexy que você já viu] Nem todas as mulheres ocidentais se vestem assim. Pare de usar casos extremos para promover o seu ponto. Eu, como uma mulher ocidental, às vezes encontro mulheres que se vestem desta maneira detestável, mas eu não tenho nenhuma amiga que se veste assim.


6- O que é ou não um hijab apropriado? Niqab, ou apenas um lenço? Você não pode mostrar suas orelhas, seu pescoço, ou usar roupas coloridas, pois isso atrai os homens como abelhas. Sobre o peito, não, sobre o peito está bom. O quê? Existe um debate sobre isso e eu não quero ser pega.


7- Eu prefiro apenas usar o que é confortável, especialmente quando está quente. Em algumas culturas, as mulheres podem ser submetidas a penas ou ao desprezo da comunidade quando não se submetem. Por quê?


8- Eu gosto de calças, eu posso correr rápido quando há problemas. Mesmo os vestidos longos nos restringem, uma vez que não podemos mover as pernas com agilidade.


9- ((Aparentemente)) eu posso fazer o que eu quiser usando hijab, o que não significa que não serei repreendida por isso mais tarde (como andar de bicicleta). Usar hijab é uma responsabilidade simbólica e você deve agir de acordo. Não, obrigada.


10- Defesa pessoal e spray de pimenta são boas proteções. Uma roupa não oferece nenhuma proteção se um homem desesperado quer te atacar.


11- Eu sou aceita pela sociedade me vestindo modestamente em um jeans e camiseta, não há necessidade de cobrir o meu cabelo também (não devemos nos vestir para agradar os outros).


12- Na minha sociedade, quase ninguém olha para o que eu visto, agora se eu estivesse usando um lenço de cabeça, eu iria obter uma atenção extra e indesejada. Eu não preciso de ninguém me questionando se eu sou oprimida ou não. E, mesmo que eu estivesse em uma sociedade que o aceita, eu não quero aparecer como uma pessoa influenciável.


13- Meu cabelo em si não é um problema, eu decido se quero ou não gastar algum tempo com isso. Ninguém me obriga. Hoje eu vou apenas escová-lo um pouco e amarrá-lo. Rápido e simples. Cobrir com a finalidade de não me preocupar com isso não faz diferença para mim.


14- Me cobrir não impede os homens de me despirem com a mente/olhar. Quando um homem olha para mim e olho para ele de volta, muitas vezes, ele baixa o olhar, ciente de que está fazendo algo errado. Por outro lado, muitos passam por mim e nem ao menos se importam com minha presença.


15- Eu não entendo o argumento de que, se uma mulher pode usar um biquíni pode usar hijab. Os biquínis foram criados por razões práticas, para a natação, assim as mulheres não se afogam usando roupas pesadas. Expor a pele torna a natação mais fácil. Alguma mulheres vão além, mas a maioria só quer nadar. Não usamos biquínis em locais públicos onde não há água. Então, esse argumento é um absurdo.


16- Mulheres usando ou não hijab podem ser ou já foram estupradas. Você não pode dizer que mulheres que não usam hijab são mais estupradas (não pode mesmo). Nas sociedades ocidentais, sexo não consensual é estupro e crime, mesmo que o seu marido tenha feito isso. Casamento não torna as pessoas imunes ao estupro. Todos precisam ser EDUCADOS, as mulheres precisam ser cuidadosas e inteligentes para reconhecerem os sinais de um homem que é abusivo.


17- Sou responsável pela minhas próprias ações. O hijab não vai me impedir de fazer qualquer coisa que seja imoral. Eu não uso, e posso fazer escolhas inteligentes para evitar consequências negativas.


18- Eu não uso um hijab e sou respeitada por homens e mulheres. Por quê? Porque eu sou inteligente e trato todo mundo com respeito, não é pelo que visto. Você pode ser respeitada com um hijab ou sem, pelo menos no meu país.


19- "Pessoas que são amigas pelo jeito que você se veste, não são amigos verdadeiros. Amigos verdadeiros vão gostar de você pelo que você é. Pessoas que te julgam pela sua personalidade, são seus verdadeiros amigos. As pessoas trocam as roupas, mas dificilmente mudam a personalidade." Argumento apresentado por uma mulher pró hijab. Então, por que as muçulmanas que não usam hijab são julgadas? Sua personalidade não mudou, mas mesmo assim continuam sendo julgadas e possivelmente punidas pelo que vestem. Hipocrisia!


20- A modéstia interna é mais importante que a externa. Você não precisa de um hijab para isso.


21- Aparentemente, altas taxas de divórcio no Ocidente são utilizados como argumento para o hijab, por que isso está sendo usado como argumento? A culpa é inteiramente da mulher se ela se divorciar? Duas pessoas fazem um casamento, e não apenas uma. O hijab não vai fazer meu casamento feliz se o meu parceiro não está comprometido.


22- Hijab não previne sexo antes do casamento. Seu compromisso com a fé, crenças e autocontrole é que impede o sexo fora do casamento, não o que você veste. Muitas mulheres preservam o seus corpos independente do que usam. ( "Love crimes of Kabul" mostra mulheres presas por praticarem sexo fora do casamento).


23- As mulheres que são símbolos sexuais, de certa forma, escolheram isso. Eu não concordo, mas ... Não usar o hijab não me torna, automaticamente, um símbolo sexual, isso é tão extremo quanto dizer que todas as mulheres que usam o hijab são oprimidas.


24- Aparentemente, o hijab é libertador. enquanto as mulheres ocidentais sem hijab são escravas da sociedade. Está certo, algumas mulheres são escravas, mas muitas de nós temos cérebro, e não somos obrigadas a pensar de uma determinada maneira, temos a opção de ignorarmos tudo se quisermos. No entanto, se você pedir para uma mulher tirar o hijab (concursos, trabalho ...) elas não podem por muitas razões. A palavra liberdade não pode ser usada se não pode ser seguida (muitas mulheres ficam sem trabalhar porque "não podem" tirar).


25- "As freiras também usam". As freiras são uma pequena minoria dentro da comunidade cristã que escolheram, não na infância ou adolescência (apesar de uma porcentagem ainda menor ter sido na adolescência), mas como adultas conscientes de sua decisão, dedicar suas vidas a Deus. Nenhuma freira nunca me abordou dizendo que eu deveria me vestir como elas. As freiras respeitam e devotam amor a todos, independente das roupas. O hijab, ao contrário, é uma expectativa, não uma escolha realmente consciente (muitas muçulmanas são obrigadas por lei a usarem o hijab, e outras são enganadas como sendo parte do que Deus prescreveu).


26- Se você usa um hijab, as pessoas fecham a cara se você não se casa ou não tem filhos. Eu realmente respeito e admiro as donas de casa, mas espero que as mulheres façam o que querem fazer. Eu não quero nenhuma expectativa baseada no que visto.


27- "Previne a luxúria". Todos nós temos desejos, os homens um pouco mais que as mulheres (dizem), as roupas ajudam, sim, mas o hijab não previne o desejo. Na minha sociedade, devido à compreensão e educação, há maneiras de evitar esse desejo para que ele não se desenvolva em algo prejudicial. Se você é um homem lendo isso, volte-se para a educação e ciência para entender e controlar o desejo, em vez de culpar as mulheres por tudo.


28- Não consigo comer ou ver direito.


29- Hijab não garante um casamento duradouro, mas a felicidade e respeito mútuo, sim.


30- Eu não poderia usar um hijab e ver outras mulheres sendo punidas por não usarem, ou por não usarem apropriadamente. As mulheres, em minha sociedade, não são punidas fisicamente por aquilo que usam ou deixam de usar.


31- 75% das mulheres no mundo não pertencem às sociedades ou à religião que usam o hijab.


32- Eu gosto de nadar na praia. Roupas que cobrem todo o corpo não são funcionalmente eficazes para isso, e mesmo as que cobrem todo o corpo não são totalmente aceitas entre os muçulmanos.


33- Homens apalpam as mulheres mesmo sobre as roupas. Ingenuidade pensar o contrário. Já ouvi muitos relatos.


34- Eu não quero que os homens olhem para mim como uma potencial futura esposa, apenas por eu parecer piedosa.


35- Se hijabis são tão respeitadas, por que é tão difícil encontrar mulheres em hijab como líderes? Raramente uma mulher em hijab dá ordens aos homens. O hijab não dá nada além de papéis secundários. Eu tenho uma chance melhor sem o hijab. Quero um respeito verdadeiro, ao ponto de homens e mulheres olharem para mim como inspiração e orientação.


36- Se usar o hijab faz você se tornar, imediatamente, tímida, humilde e tranquila (recatada e do lar) é a mesma coisa que sucumbir por ser subserviente. Você coloca coisas sobre os animais para acalmá-los e controlá-los, não sobre as pessoas.


37- A maioria dos meus amigos, embora digam que ficam atraídos por características físicas específicas, querem alguém que seja compatível e tenha os mesmo interesses. Eu aprecio caras assim e me mantenho longe dos que não são. O hijab não vai me ajudar a distinguir homens bons dos maus.


38- Mulheres no ocidente lutaram/lutam muito para conseguir direitos iguais, para fazerem coisas simples como sair de casa sem supervisão, ir à universidade e trabalhar em empresas. Se você vive no ocidente, você aproveita muitas coisas que mulheres sem hijab conquistaram. Eu tenho orgulho dessas mulheres, eu faço o mesmo.


39- Vestir um hijab seria um insulto a essas mesmas mulheres que lutaram/lutam tanto para que todas as mulheres sejam vistas pelos homens como iguais, e não como cidadãs de segunda classe. Você diz que o hijab não te impede de fazer as coisas, mas não é assim que funciona para a grande maioria das mulheres em países de maioria muçulmana. Mulheres sem hijab lutaram/lutam para que você goze de muitos privilégios (muitas muçulmanas, que não usam hijab - estudiosas e feministas - também lutam contra a cultura do "hijab").


40- Se eu estou preocupada com os caras olhando para o meu cabelo, ou as pessoas me julgando com base no meu cabelo, eu posso simplesmente cortá-lo, ou usar um chapéu que ambos, homens e mulheres gostem, sem apego religioso ou simbólico. Por que usar hijab traz um grande peso e grandes expectativas?


41- Se você está preocupada em como a sociedade vai olhar para você, então, a sociedade é que precisa mudar, e não você. Usando um hijab você está fugindo dos problemas, não solucionando. Que tal ensinarmos aos garotos a respeitarem as meninas e ensinarmos as meninas que elas não devem ser julgadas pelo que vestem, que devemos ser amadas e nos amar usando ou não hijabs?


42- Usar um hijab não é diferente de colocar um saco de papel no rosto, então, por que eu deveria usar um saco de tecido sobre o rosto? (acho que aqui ela está falando do niqab, apesar de hijab não ser véu da mesma forma).


43- Homens nas sociedades modernas não ficam atraídos pelos cabelos das mulheres, e sim por outras coisas.


44- Eu não quero que os homens sejam simpáticos ou educados comigo só por conta das roupas que estou vestindo. Aprecio homens que são educados todo o tempo, com todo tipo de pessoas. Se um homem é educado com você apenas por conta de suas roupas, o que podemos esperar desse homem? Eu não gosto de homens que escolhem que sua educação vai ser dirigida apenas para roupas e, em seguida, tratam mal pessoas.


45- O hijab pode até garantir a fidelidade de uma mulher ... mas não garante a do homem, e isso é algo para se orgulhar? Divórcios, em meu país, acontecem porque os homens estão em um momento de fraqueza e acabam traindo. Mulheres ocidentais não gostam de ser traídas e maltratadas. Estamos mais preocupadas em sermos felizes do que preocupadas com o que a sociedade vai pensar.


46- Sinto-me bem comigo mesma, graças ao amor que tenho recebido todos os dias, e a educação que tive sobre confiança e auto-estima. As mulheres usadas para o sexo e que se vestem para parecer sensual geralmente sofrem por falta de amor, atenção e baixa auto-estima, não porque escolheram se vestir dessa maneira.


47- Hijab não foi ideia de uma mulher, mas de um homem, e muitos homens empurram o uso do hijab sobre as mulheres. Suspeito.


48- Hijab não é a única maneira de lutar contra as expectativas de beleza da sociedade. No ocidente houve/há movimentos de mulheres que não se escondem ou se cobrem, mas, em vez disso, vestem-se de uma maneira a desafiar o estereótipo. Como as mulheres que optam por ter seus cabelos naturais, vestem estilos de roupas simples que não chamam a atenção para sua sexualidade, ou que fogem do conceito de moda. Eu prefiro ser assim do que me esconder.


49-  Nós não andamos nus porque isso faz com que as pessoas se sintam desconfortáveis. Por que devemos fazer as mulheres se sentirem desconfortáveis?


50- Homens não são abelhas, e não se sentem atraídos por cores brilhantes.




51- Eu não acredito que mulheres são culpadas pelo estupro que sofreram, por exemplo, só porque estavam vestindo certos tipos de roupa. Não é certo uma mulher ser estuprada, abusada sexualmente e mesmo morta só porque não estava usando hijab (como temos notícia na Turquia). Isso é falta de empatia e humanidade. 

52- Usar para não se preocupar com os cabelos. Se você tem preguiça, okay, mas você pode usar um chapéu (ou prender os cabelos).


53- Esconder-se do público e não ser notada. Bem, você pode esconder sua identidade usando óculos escuros também (mas por que cargas d'água a pessoa quer se esconder?? Timidez??). Na verdade, eu posso argumentar que óculos funcionam melhor que hijabs, pois, escondem meus olhos e minha expressão, então, quando você estiver conversando com alguém, ela não estará olhando diretamente para os seus olhos. Os óculos escondem sua identidade do público em geral se você pretende passar despercebida.


54- Onde quer que você viva, se misturar com a multidão é uma boa maneira de passar despercebida.


55- Modéstia vem em várias formas, não apenas em hijabs e vestidos longos. Se você vive no Ocidente, roupas simples são consideradas modestas. Você não pode impor o que é modesto aqui, como não podemos impor o que é modesto em outros países. Modéstia é criada por pessoas, por uma ideia coletiva, e isso varia de cultura para cultura.


56- Os seres humanos têm um instinto natural para fazer o que é necessário para sobreviver, como comer, dormir, encontrar abrigo etc. (dentro de nós carregamos o instinto sobre o que é certo ou errado). Não há instinto humano natural que obrigue a mulher a cobrir seu cabelo. Isso é algo que é ensinado e amplamente aceito, dependendo de onde você cresceu. Muitas mulheres que nunca viram ou ouviram falar sobre o hijab, nunca se incomodaram com isso. Não existe compreensão ou intervenção Divina. Na verdade, em muitas tribos as mulheres andavam nuas e os homens não se preocupavam com isso (Deus não ordenou a cobertura dos cabelos à Eva).


57- Tudo o que precisamos está na natureza. Hijabs não são naturais, mas foram criados por homens com outros propósitos além de manter o corpo aquecido e protegido.


58- Eu não acredito em qualquer tipo de medo. O medo é uma emoção negativa, faz você se sentir mal e está associado à opressão. Não devemos ter orgulho do medo. Você tem medo de coisas que são ruins e prejudiciais a você. As pessoas têm medo de coisas que não entendem completamente. Ciência, educação e conhecimento tem curado os medos dos homens, e vão continuar curando. 


59- Mulheres não estupram elas mesmas, então, o fardo de impedi-lo não deve estar sobre as mulheres.


60- Em outras religiões o foco está no que você faz, não em como você se veste. Portanto, se você não usa um tipo de roupa isso não é um grande problema. A maioria dos trajes religiosos é visto como uma formalidade (se você está em uma posição específica, mas não para os seus seguidores). Você não precisa de um tipo de roupa específica para provar alguma coisa a ninguém, muito menos para ser aceito.  


61- Por que você sempre usa o Ocidente? Ninguém fala de países como Japão ou China, cujas mulheres odeiam cobrir os cabelos. As taxas de divórcio e estupro nesses países são mais baixas que nos EUA. Você não pode usar um único país como referência se existem tantos outros com as mesmas ideologias mas estatísticas diferentes. 


62- Roupas foram criadas com um único propósito: para proteger as pessoas dos elementos naturais (frio, calor, poeira... ). Instinto humano. Lembrando que nascemos nus e sem vergonha até outras pessoas nos ensinarem isso. Até hoje, muitos índios vivem sem roupas e eles não têm qualquer vergonha ou preocupação. Eu não consigo imaginar roupas com outras funções além dessa. 


63- Eu li todos os argumentos apresentados a favor do hijab e estes argumentos têm pouca lógica e raciocínio. Alguns pontos são bons, mas não são amigáveis a todos e, a razão mais forte é baseada na crença pessoal e desinformação sobre psicologia, ciência e mundo real onde é aplicado. 


64- O hijab é contestado (por muitos muçulmanos) como sendo uma prática cultural, não religiosa. Se fosse uma prática religiosa, seria consistente como o hábito das freiras, no entanto, varia dependendo do lugar onde você vive (como também não existe nada sobre isso no Alcorão, mas existe na Bíblia). 


65- Se uma mulher mostra o cabelo não quer dizer que ela é fácil ou que quer algo mais. Assim como eu não tenho o direito de dizer que as muçulmanas são obrigadas a usar o hijab (apesar de serem), elas não podem dizer que eu não uso porque quero aparecer para os garotos.


66- Nem todos os homens ou meninos são capazes de estupro com base em sua empatia consciente e humana. Se todos os homens são maníacos loucos por sexo e perigosos seria lógico colocá-los sob controle, e não as mulheres. 


67- Contraceptivos evitam uma gravidez melhor que o hijab. Eles cobrem as partes mais importantes. Cabelos à mostra não te deixarão grávida.


68- A "honra da família" já não é mais uma questão discutida em minha sociedade. Vivemos assim porque a maioria acredita que cada indivíduo é responsável por sua ação e deve arcar com as consequências dos seus próprios erros. Portanto, se eu usar um hijab ou não, eu não trago nenhuma vergonha para ninguém, porque ninguém na minha sociedade se preocupa. Quando ninguém se importa, isso não se torna um problema.


69- Em minha sociedade, as mulheres que são consideradas "sujas" e "impuras" sempre podem ter uma segunda chance para viver de forma diferente sem perseguição. O hijab está lá porque a partir do momento que você for considerada "suja" ou você nunca mais será perdoada pelos olhos da sociedade, ou será condenada ao ostracismo, ou nunca será perdoada sem alguma punição severa.


70- Mesmo os homens aqui vão dar às mulheres "contaminadas" uma segunda chance para melhor ou para pior. Ter uma mulher virgem e pura não é mais uma fantasia para a maioria dos homens ou uma preocupação extrema aqui, a maior parte se preocupa apenas com a personalidade. Ela não precisa usar um hijab ou parecer piedosa para ser desejada. 


71- As cores são associadas à felicidade, enquanto cores escuras promovem sentimentos negativos. Psicologia básica e teoria da cor, procure por isso. Muitas mulheres se cobrem e não se permitem cores, o que, eu acredito, promove um estado de espírito negativo para aqueles que a rodeiam.


72- Algumas mulheres não podem usar por razões médicas.


73- Se um homem quer a minha atenção e eu não estou interessada, eu apenas digo NÃO! Não estou interessada! Eu não preciso de um hijab para falar por mim quando eu tenho uma língua e uma voz forte para falar.


74- Hijab não impede as mulheres de serem lésbicas e nem as impede de ter encontros sexuais. As mulheres também podem ser e são observadas com intenções impuras por outras mulheres. Seria ingênuo pensar de outra forma (do que adianta separar as mulheres dos homens, em oração, por exemplo, por conta dos desejos impuros, se homens podem sentir desejo por outros homens, e mulheres por outras mulheres?).


75- Posso optar por não gostar de um hijab esteticamente tanto quanto eu escolho não gostar de shorts, ou algum outro artigo de vestuário. Isto é baseado em preferências puramente pessoais e estéticas. Você pode se vestir modestamente em milhares de maneiras diferentes.


76- Se uma mulher veste trajes minúsculos ou mostra sua pele, não quer dizer necessariamente que ela seja sexy ou bonita. Não quer dizer que se uma mulher veste esses trajes que um homem imediatamente vai pular sobre ela. Isso é um equívoco comum da falta de compreensão do sexo oposto. Você pode estar vestida assim e muitos homens te achar feia e vulgar (ou estar toda coberta e chamar atenção pela beleza e mistério). Na verdade, muitos homens não se preocupam com as roupas de uma mulher (isso depende do local em que você vive), aqueles que se preocupam, fazem apenas superficialmente e, obviamente, olham para nada mais além de como uma mulher controla o seu sex appeal, escondido ou não.


77-  Mulheres são enganadas porque estão infelizes e procuram a felicidade em outro lugar, não por causa do que usam. "Você deve usar um hijab pelo seu marido". Qualquer homem que me dê essa desculpa esfarrapada vai ser muito preguiçoso para me fazer feliz o suficiente para querer ficar com ele. Que vergonha, os homens promoverem hijabs para evitar realmente o trabalho de fazerem suas parceiras felizes, mesmo que suas parceiras trabalhem duro para torná-los felizes.


78- Eu não uso hijab nem maquiagem. Eu sempre acreditei que a beleza natural é a melhor, eu não estou dizendo que sou melhor que as mulheres que usam hijab e se entopem de maquiagem, não, só estou dizendo que existem várias maneiras de ser modesta. 


79- Mulheres no Ocidente geralmente valorizam a felicidade e conforto em primeiro lugar. Eu não vou pedir desculpa se isso parece ser uma coisa tão terrível. Não fazemos algo se estamos insatisfeitas, não há necessidade de procurar orientação de alguém para nos convencer de que algo vai nos fazer felizes. Você procura normalmente orientação quando você está infeliz, e não o contrário.


80- De onde o hijab e o niqab vieram? A tradição pagã, anterior ao islam, nunca é discutida, falada, ou pesquisada. Depois de investigar sua história que eu vim a certas conclusões, que não é sequer tendência religiosa, mas cultural, que foi adotada e transmitida.


81- Eu não uso hijab porque todas as mulheres são minhas irmãs, independente do que vistam.


82- Eu não quero usar um hijab porque isso é uma coisa a menos para ter que lutar.


83- Você argumenta que os países onde as mulheres não usam o hijab têm altos índices de estupros. Bem, pelo menos nesses países as mulheres podem conseguir algum tipo de justiça. Nas sociedades onde as mulheres são vítimas de estupro em um hijab, não existe justiça ou simpatia. Isso não é razão para se orgulhar. Culpar a vítima é considerado insensível na minha cultura (apesar de termos tanto a progredir). 


84- Aparentemente, qualquer infortúnio que vem para uma mulher que não usa um hijab é merecido. Qualquer infelicidade para uma mulher em um hijab é um teste, ela deve passar. Uma pessoa que usa a lógica como eu não pode aceitar estes termos.


85- "Hijab é uma escolha". A definição de escolha está entre duas ou mais opções, não apenas uma. Portanto, se você afirma que é uma escolha, você não pode argumentar com aquelas que decidiram por uma segunda opção. Se não usar um hijab não é uma opção, então já não se torna uma escolha, mas compulsão.


86- "Hijab é um direito". Direitos não devem ser impostos, então, eu também tenho o direito de não usar.


87- O hijab é como um outdoor religioso andante. Algumas pessoas como eu não desejam anunciar suas crenças para o mundo. Por isso, mantemos nossas crenças privadas e respeitamos as outras pessoas que não compartilham os nossos pontos de vista.


88- Mulheres no Ocidente cobriram a cabeça no passado, em seguida, nos livramos disso por uma razão. Eu acredito no curso da história, é importante olhar para a história, para não cometermos os mesmos erros no futuro. Não se esqueça da razão que nos fez mudar.


89- Se nos EUA existem altos índices de estupro isso significa que a mulher está tendo coragem de falar e buscar ajuda, isso é um grande passo. Ao contrário de países de maioria muçulmana onde a mulher não pode falar, pois corre o risco de sofrer punições e isolamento familiar (corre o risco de ser presa, de casar com o estuprador, ser morta por familiares ...) Nada para se orgulhar. ... Números e orgulho não são a nossa prioridade, as vítimas são.


90- Crianças também são estupradas (animais também). Um hijab por acaso pode proteger uma criança (ou um animal)? As crianças são responsáveis pelo controle da libido do homem? 


91- Devemos carregar uma espada para lutar, não um escudo para proteger.


92- No Ocidente, homens bonitos também estão nas revistas e em campanhas publicitárias vendendo produtos, e agora, vamos colocar um hijab nos homens? Você não pode discutir igualdade quando as mulheres usam um hijab físico e os homens só um hijab mental.


93- Precisamos melhorar o caráter moral da sociedade como um todo. Se essa é sua preocupação, devemos ter o foco nas atitudes, não nas roupas. 


94- "Hijab traz valor à mulher". Damos valor a coisas materiais, mulheres não são mercadorias para se ter algum tipo de valor. 


95- Eu escutei ambos os lados, pró e contra o hijab, e eu estou com o último porque funciona com a sociedade onde vivo e minhas crenças. Em meu entendimento, as mulheres que "escolheram" só podem ouvir uma fonte e ignorar a outra a fim de decidir. 


96- Se as mulheres agem como homens ou não, não deve fazer diferença nesta sociedade porque esse é o significado de sermos iguais. Na minha sociedade, muito pouco é considerado apenas masculino, portanto, o que seria considerado apenas masculino agora é ignorado. 


97- Definição de liberdade: "Mostrar liberdade das convenções sociais ou ideias tradicionais." Hijab é uma tradição social. Se uma pessoa decide não usar um, por que não a consideramos livre? Você não pode dizer que uma mulher está livre de ideias tradicionais através de uma ideia tradicional.


98- Existem outros pecados tão perigosos quanto a luxúria, tais como a gula, avareza, ira, inveja, vaidade, e sim, mesmo o orgulho que está tão associado ao hijab. O desejo de parecer mais importante que os outros. Eu sou uma "infiel", não sou?


99- Mulheres são mortas e castigadas por causa do hijab. Eu não sinto orgulho de algo que fere as mulheres. 


100- "Porque Allah disse que devemos e isso está no Alcorão".


Bem, você ganhou com a desculpa que está na razão 100, porque uma vez que algo está escrito em um livro sagrado, isso não pode ser contestado ou mesmo questionado pela ciência. Todo mundo pode acreditar no que quiser acreditar, mas se você pode provar um ponto com razões espirituais, eu vou trazer alguns argumentos contra isso. 


(Como eu sou estraga prazeres, afirmo que não existe tal coisa no Alcorão, e este blog está repleto de provas de que o "hijab" - ou melhor, cobrir os cabelos - não faz parte do Islam.)


"100 reasons why I don't wear a hijab"

Tradução: Pollyanna Meira. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário